ARTIGO: O Padre Landell de Moura

AUTOR: Jornal Botucaense

OBS.: Abril, 1905

 
 


Carregando as cópias. Por favor aguarde...

 

 
 
 
               O PADRE LANDELL DE MOURA
 
Com verdadeiro jubilo... mas com a devida venia, o seguinte artigo da Platéa, de 25, relativo ao nosso vigario interino, o
virtuoso e illustrado sr. pe. dr. Landell de Moura:
 
« Dignou-se o sr. presidente do Estado retribuir a visita que lhe fez o padre Landell de Moura, um brasileiro illustre por
legitimos títulos e com direito á estima e consideração de seus compatriotas e bem assim ás do mundo scientífico onde o
conquistára os muitos premios do seu saber; fez muito bem s. exa. o sr. presidente do Estado mandar saudar em seu nome 
esse brasileiro modesto, que na realidade tão saliente procura collocar o nome seu e o de sua patria na ampla e illimitada
esphera dos modernos commetimentos scientificos.
 
Si não fôra o sr. presidente do Estado, algumas referencias feitas nos jornaes que ainda olham pelas coisas que mais alto
falam ao nosso interesse, ao sentimento que devemos ter de povo não envelhecido, rotineiro, inimigo de... é bastante 
adeantada nesse ramo de telegraphia e telephonia sem conductor metallico, apoiada na acção da luz e da electricidade, ... 
o padre Landell de Moura todo esse cabedal scentifico, e de grande futuro na applicação ás industrias e ao commercio, dos 
Estados Unidos da America, onde as conquistas das invenções se disputa em vasta e illimitada esphera, não conseguindo 
milhares dos que a ellas se applicam o premio compensador dos seus pertinazes esforços.
 
É preciso ter-se justificado o valor das innovações scientificas para dellas obter-se patente e privilegio. E o padre 
Landell de Moura conseguiu tudo isso e teve a satisfação de regressar á sua patria, após longos annos de sacrificios, 
possuidor de um alto capital de sciencia que lhe proporcionará no mundo pratico e progressivamente industrial, um futuro 
de grandes e incalculaveis recursos.
 
Mas o que convem registrar é que essas invenções, uma vez avassalando o mundo e dando margem ao acumulo de poderosos
interesses, são de um brasileiro, de um filho da patria, onde, infelizmente, só se adopta e se admira... »

http://www.vovovicki.com/criptografia/historia/701-landell-botucatu